Publicado em Tag -Entrevistas

Fábio Martins

Área de Atuação: Estudante de Psicologia.

Cidade: Belo Horizonte- MG

Imagem

Postura Urbana:   Como estudante de psicologia qual questão te atormenta?

Fábio  Martins: A questão que mais me atormenta é a alienação das pessoas no mundo contemporâneo. A tendência no mundo globalizado é padronizar e generalizar tudo, inclusive a opinião e o modo de agir das pessoas. Chamo a globalização da Nova Torre de Babel; a cultura de cada povo deveria ser respeitada, a individualidade de cada ser humano também. Gosto de citar dois filósofos; Kant que falou que a tendência do ser homem é de humanizar coisas (objetos), e coisificar as pessoas, o ser e o ter seu valor no mundo capitalista é baseado nas suas posses, mas o verdadeiro valor de um homem está no que ele é, ou seja, em ser. E Nietzsche que compara a maioria dos homens com boiadas que simplesmente seguem os que estão à frente, e a minoria que tem a coragem de serem “homens de espírito livre”. Resumindo ser genuíno (autêntico) é a maior riqueza que podemos ter.

Postura Urbana:  Vc considera que o ser humano está regredindo?

Fábio Martins: De certa forma sim. Hoje posso dizer que nada que o ser humano faça me surpreende. O que é mais preocupante é a passividade dos oprimidos (que são muitos). Por outro lado existem pessoas em todo mundo com visão privilegiada; com mentes evoluídas. São elas que fazem a diferença.

Postura Urbana:   Freud, ou Jung? E por quê?

Fábio Martins: Ambos são gênios, e não há como desprezar a obra de nenhum dos dois. Contudo sou Junguiano. Por seu otimismo, e por acreditar na superação humana. Certa vez foi perguntado se Jung acreditava em Deus; ele logo respondeu: ”Eu não acredito em Deus, eu o conheço”. Pelos seus estudos sobre o inconsciente coletivo, onde fica demonstrado que todos nós estamos de alguma forma ligados; Arquétipos e simbolismo. Minha frase predileta é dele : ”Quem olha pra fora sonha,quem olha pra dentro acorda”.

Postura Urbana:  Quais seu planos futuros?

Fábio Martins: Fazer concurso, ter Clínica própria, continuar estudando e lecionar.

Postura Urbana:  Vc acha que os sonhos são mesmo uma intuição?

Fábio Martins: Pra mim os sonhos podem ser intuitivos. Mas também podem ser a expressão de elementos a nível inconsciente que foram recalcados;e até mesmo de fatos conscientes e pré-conscientes. Para Freud seu livro “A Interpretação dos Sonhos”, é seu trabalho mais importante. Eu o considero de leitura obrigatória a todo estudante de Psicologia. E foi através dele que Freud e Jung se aproximaram.

Fábio, o Postura Urbana agradece a entrevista, tudo de bom!

1368068063407

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s