Publicado em Tag -Entrevistas

Maurici Melo Lima

Imagem

Área de Atuação: Comercio Varejista

Cidade: São Paulo – SP

Maurici é músico nas horas vagas, adora filosofia e artes em geral

Postura Urbana: Você filosofa muito? Como analisa a vida atual?

Maurici Melo Lima: Praticamente tudo que escuto, leio ou vejo em se tratando de arte tem a ver com filosofia. Raul Seixas por exemplo era formado em filosofia, chegou até a dar aula sobre essa matéria. A vida cotidiana acontece muito rápido, todo mundo vive correndo pra lá e pra cá, e não presta atenção mais em nada; tudo é descartável, até as pessoas. O que ontem era bom, hoje já não serve mais.

Postura Urbana: Está faltando gentileza no mundo, qual sua sugestão para que as coisas melhorem?

Maurici Melo Lima: A falta de gentileza a que você se refere tem a ver com o que eu falei acima. A educação também influencia muito nisso, se você não tem educação fica difícil ser gentil; não tô falando só de formação acadêmica, é algo que se traz do berço também.
Postura Urbana: Raul Seixas entrou na sua vida como?

Maurici Melo Lima: Raul entrou na minha vida de uma forma eu diria inusitada. Eu devia ter uns nove anos, e passava por um problema de saúde (que não vem ao caso agora), ficava deitado quase o dia todo, então minha mãe resolveu me presentear com  um radinho de pilha AM com capinha de couro (muito comum na época), foi quando escutei Ouro de Tolo pela primeira vez.

Fiquei meio perplexo com aquela música estranha para a época, as rádios tocavam mais artistas do pós jovem guarda (Raul chegou até a compor várias letras com o pseudônimo de Raulzito, e produziu essa turma também), e músicas internacionais também, todas com cunho romântico.
Um tempo depois, o vi se apresentando no programa do Silvio Santos e achei aquela figura mais estranha que a música ainda, (pensei que era mais um daqueles calouros do programa), depois que fui associar a figura à música.
Quando cheguei à minha adolescência fui mergulhar nesse universo pra tentar compreender o que eu não compreendia.
Confesso que até hoje, ainda não compreendi tudo por completo.

Postura Urbana: Que tipo de filmes costuma assistir? Qual último livro você leu?Complete a frase, a boa música é…..

Maurici Melo Lima: Gosto muito de filmes de ficção científica, filmes cult e seriados antigos.
Na verdade estou lendo Assim falava Zaratustra, do filosofo alemão Nietzsche.
O último que tinha lido foi Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley), que já falava na época sobre o caos da modernidade. Música pra mim tem que passar uma mensagem, seja pela sonoridade ou pelo texto contido nela.
Postura Urbana: Como é seu dia a dia?

Maurici Melo Lima:  Meu dia a dia é comum, trabalho, família, amigos e cervejinha no final de semana (às vezes no meio também), nada de especial. Sou um SIMPLE MAN (homem simples), é isso.

Maurici, o Postura Urbana agradece a entrevista, tudo de bom em sua jornada.

Imagens: Arquivo Pessoal

Por: JGA

Maurici 3 Maurici 2
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s