Publicado em Tag -Entrevistas

Sérgio Passos

Imagem

Sérgio Passos é Diretor de Arte / Criação. Formado em Desenho Industrial pela Faculdade Paulista de Artes. Realizou projetos para empresas como Bayer, Outback, Starbucks, Renault, Nixon, Nike, entre outras.

Cidade: São Paulo – SP

Postura UrbanaComo designer qual sua visão estética da cidade de São Paulo?

Sérgio Passos –  Esteticamente a visão que tenho de São Paulo, é de uma cidade extremamente caótica e de inúmeros contrastes. Possui uma mobilidade urbana com muitos problemas, os quais são bastante sentidos pela população nos dias atuais, e esse fator se deve muito ao modo como ela foi desenvolvida. Sua estrutura é antiga, ultrapassada e não houve ao longo dos anos uma reformulação e reestruturação, com isso acaba estourando em todos os setores, isso se deve muito ao seu crescimento nas últimas décadas.

Arquiteturalmente é uma cidade muito suja e sem nenhum tipo de padrão, criando uma grande poluição visual. Casas, edifícios, ruas e estradas não possuem padrões, diferente de cidades como Nova York e São Francisco (EUA), cidades geograficamente parecidas, mas que existem certos padrões, como: dimensões de calçadas, ruas e avenidas, limite de altura para edificios, respeito e facilidades para a mobilidade de pessoas especiais, entre outros.

Alguns designers, engenheiros e arquitetos já estão trabalhando em conjunto para a busca de melhorias e soluções, principalmente na utilização de “materiais sustentáveis”.

Mas mesmo com todos esses problemas, São Paulo é uma cidade explêndida, rica em cultura, reconhecida e representada nacionalmente como a capital da tecnologia, do graffiti e do hip hop, além de possuir uma grande variedade gastronômica, que é reconhecida e respeitada mundialmente.

Postura Urbana Complete a frase, se não fosse designer seria….

Sérgio Passos – Dj ou Produtor Musical. Trabalharia com música, com certeza!

Sou apaixonado pela arte da música, principalmente pelo que ela nos proporciona. Desde criança tive essa ligação e interesse. Acredito que por influência de meu pai, por crescer e acompanhá-lo desde sempre ouvindo suas músicas na vitrola da sala de casa (risos).

Com doze anos de idade, me interessei pelo estilo hip hop e comecei a fazer parte de um grupo de rap com alguns amigos do colégio, se chamava “Submundo Racial’’. Falávamos sobre as desigualdades sociais que existiam na época, Isso no começo dos anos 90 e que continuam até hoje.

Era uma época de muitas dificuldades, e que o desafio de chegar em algum lugar era muito mais complicado e difícil, o país estava vivendo uma crise muito forte, a inflação não nos deixavamos respirar, sobretudo pela discriminação que a classe baixa sofria.

Os amantes e admiradores do movimento hip hop eram vistos com muita disconfiança e preconceito, diferente dos dias atuais onde é visto como arte e estilo.

Por essa ligação e esse interesse desde cedo pela música, acredito que seria o meu provável caminho…

Postura Urbana – Quem são seus ídolos no design de uma maneira geral?

Sérgio Passos – Ídolos na verdade não tenho, mas sim admiração por alguns profissionais com quem já tive o privilégio de trabalhar.

Principalmente por terem me ensinado o verdadeiro valor do design, onde além de criativo, você precisa ter amor e paixão pela profissão, é claro, de trabalhar sempre com muita responsabilidade e carinho.

Esses caras tiveram grande contribuição pelo que o design nacional é visto e reconhecido hoje, não apenas pelo público nacional, mas principalmente servindo como referência criativa para as principais mídias do mundo. Constantemente vemos agências nacionais ganharem prêmios de grande importância lá fora.

Vejo que nos ultimos 15 anos, o Brasil evoluiu muito nesse segmento, principalmente na valorização e reconhecimento profissional.

Agora se me perguntar o que me serve de referência? Sempre quando preciso busco inspirações no design europeu, japonês e americano, esses que possuem trabalhos caracteristicos e faceis de serem identificados, principalmente pelas variações criativas e sempre ligadas a sua cultura e seu costume.

Postura Urbana – O que diria para quem está começando?

Sérgio Passos –  Sempre quando existe a possibilidade, digo que se não houver amor, humildade e responsabilidade, dificilmente alcançará o sucesso. Se o interesse for apenas financeiro, com certeza o caminho será de muitas dificuldades e desafios.

Percebo que o mais frustante, é trabalhar naquilo que não se gosta, principalmente por saber que se tivesse seguido seu coração independentemente do grau financeiro, estaria vivendo muito mais feliz.

Por isso sugiro que se deseja ingressar no mundo da comunicação, além de criatividade, é preciso ter amor, responsabilidade, ler bastante e principalmente ser humilde. A humildade o ajudará, nas horas das cobranças e das críticas.

Postura UrbanaO que vc acha do famoso QI(Quem Indica)? Nessa área rola muito disso, não rola?

Sérgio PassosAcho uma grande besteira. Em todas as profissões é preciso ter responsabilidade e conhecimento naquilo que for exercer.

Dificilmente alguém se mantem no cargo se não houver esses dois requisitos, independente de quem seja o indicador.

Geralmente as empresas e agências, exigem que o profissional tenha um grau muito elevado de conhecimento e criatividade, se obter problemas em relação ao seu desempenho, dificilmente se manterá no emprego.

Portanto, acredite no seu potencial e siga em frente, pois o que vale é você ter ideias e ser criativo, além de responsabilidade, sempre! Os desafios do design são fascinantes, principalmente seu mundo…

ImagemImagemImagemImagemImagem

Serginho, o Postura Urbana agradece sua entrevista, SUCESSO!!!

Imagens: Arquivo Pessoal

POr: JGA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s